Consultor de software

Ivan Daskalov

A minha função é ajudar os nossos clientes a utilizar plenamente as capacidades do software. E como não existe um superprograma que possa fazer tudo por defeito, depois de os ouvir sobre o que fazem normalmente na sua empresa e o que pretendem alcançar como resultado, dou-lhes sugestões específicas sobre o que podemos fazer por eles. É aqui que entra a parte mais interessante do meu trabalho, porque depois de discutirmos os diferentes estudos de caso, crio para eles o valor acrescentado de que necessitam. Fazer algo novo é INSPIRADOR! Temos a liberdade de pensar (discutir ideias com os clientes), criar (encontrar a melhor opção para implementar ideias) e criar (alterar um programa em resultado dos dois anteriores). O maior desafio são os clientes. Têm as suas próprias vidas e marcar uma reunião com eles é, por vezes, um milagre. Além disso, têm as suas próprias ideias que é preciso compreender. Este é o aspeto mais importante na nossa profissão – compreender o que o cliente quer e traduzi-lo no nosso software. Uma boa comunicação está no centro do trabalho com clientes e colegas.

O seu percurso de vida está a liderar neste aspeto, e uma formação superior na área das ciências económicas será a preparação ideal. Os conhecimentos técnicos relacionados com o programa em causa são adquiridos através de cursos profissionais e de muitos exercícios práticos num ambiente de teste controlado. É diferente dos ambientes acima referidos. O raciocínio lógico é determinante na execução técnica dos projetos. A programação é opcional, mas uma grande vantagem.

Nunca é demasiado tarde ou demasiado cedo para se tornar um consultor de software. Trabalhei durante 12 anos no setor financeiro antes de mudar de emprego. Dificilmente existe um emprego perfeito, por isso o meu conselho é básico – seja responsável, especialmente consigo próprio. Se dormir tranquilamente, isso significa que fez bem o seu trabalho.

Share the Post: